quinta-feira, 12 de abril de 2018

Chuvas causam inundação em Paragominas, PA

O município de Paragominas está em estado de calamidade pública. A situação se deve às enchentes causadas pelas fortes chuvas que caem na região, no nordeste do Pará. Na noite de quarta-feira (11), o rio Uraim transbordou e o rompimento de uma barragem destruiu parte do asfalto da rodovia PA-256, no km-12, trecho entre Paragominas e Vila Canaã. Graves inundações atingiram comunidades próximas. A prefeitura confirmou a morte de duas crianças.
Milhares de famílias estão desabrigadas.
No bairro da Jaderlândia, ruas inteiras foram invadidas pelas águas. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil estão no local para ajudar os desabrigados. A prefeitura de Paragominas informou que está disponibilizando abrigos em alguns pontos da cidade. As pessoas que tiveram suas casas invadidas pela água da chuva podem se dirigir até esses locais. Para qualquer tipo de informação, a população pode entrar em contato pelo telefone (91) 98197-8027. O coronel Francisco Cantuária, coordenador da Defesa Civil, explicou, em entrevista à Agência Pará, que a instituição foi acionada às 5 horas da manhã desta quinta-feira (12) e enviou para o local uma equipe formada por mergulhadores de salvamento de águas rápidas. Também será instalado na cidade o sistema do Comando de Operações, para definir ações de assistência aos desabrigados. “As primeiras informações levantadas mostram que pelo menos 100 casas teriam sido atingidas depois de cinco horas de chuvas”, afirmou. O titular do Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará, Jorge Bitencourt, também está a caminho do município. O prefeito Paulo Tocantins declarou estado de calamidade pública em toda extensão do município. A prefeitura já mobilizou, desde a madrugada, todos os órgãos municipais para atuarem nos locais de desastre e atender a população. Uma convocação de voluntários também já foi realizada. Sobre o abastecimento de água, a Agência de Saneamento de Paragominas (Sanepar) informa que houve rompimento de tubulações isoladas, que não afetarão o abastecimento da cidade. A equipe da Sanepar está fazendo reparos em pontos de alguns bairros que ficaram sem água, mas será momentâneo. O chefe do 7º Núcleo Regional da Setran (Secretaria de Estado de Transportes), Wallace Gaspar, está fazendo o acompanhamento da situação para estabelecer um plano de ação. Um desvio está sendo utilizado na área de uma fazenda que margeia a rodovia atingida pelas águas para que se mantenha a mobilidade na região.