quarta-feira, 6 de junho de 2018

Relator retira anistia a caminhoneiros multados na greve

O relator do projeto de lei que regulamenta o transporte de cargas, deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), retirou do texto o artigo que anistia os caminhoneiros das multas aplicadas durante a paralisação que ocorreu nas últimas duas semanas de maio deste ano. Após se reunir com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e com líderes partidários, Marquezelli afirmou que ficou definido que as multas poderão ser incluídas na medida provisória que trata sobre o preço mínimo de fretes. 
Segundo o deputado, a anistia das multas ou da conversão das penalidades financeiras em advertências não aparecerá mais no texto. As transportadores e os motoristas autônomos deverão ser “perdoados” de maneira diferente. Marquezelli destacou que caso não seja possível apresentar a emenda da anistia, haverá possibilidade de realizar um acordo com o governo para editar uma medida exclusiva sobre o tema.